Projeto Pedagógico do Curso

O perfil pretendido do egresso do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo, além de atender a formação orientada pela Resolução nº CNE/CES 013/2006, deverá ser capaz de: 1. Atuar no planejamento e gestão do turismo nos segmentos público e privado; 2. Operacionalizar o processo de produção dos serviços de agenciamento de viagens, receptivo, emissivo e operadores de turismo, desenvolvendo ações interligadas com os transportes turísticos e a produção de roteiros turísticos, sempre pautando pelo desenvolvimento sustentável da atividade; 3. Promover a integralização do conhecimento fomentando o desenvolvimento de ações inovadoras na área do turismo, incentivando o espírito empreendedor e promovendo a comercialização e promoção dos serviços turísticos; 4. Compreender e gerenciar as políticas públicas de fomento ao desenvolvimento do turismo nacional, regional e local, oportunizando ao discente a inserção no debate; 5. Identificar desafios, mudanças e oportunidades no setor turístico estando este apto para atuar em mercados competitivos e em constante transformação.

Nenhum conteúdo disponível até o momento

Como procedimentos metodológicos para o desenvolvimentodo Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo buscar-se-á assegurar os princípios curriculares da flexibilidade, contextualização, interdisciplinaridade e que contemple fundamentos científicos, tecnológicos e a prática profissional, desenvolvendo no profissional a capacidade de engajar-se em equipes interdisciplinares para construção e produção de conhecimentos articulados às realidades sociais.

Neste contexto, o Instituto Federal Farroupilha considera de extrema importância a integração das áreas de ensino, pesquisa e extensão juntamente com os componentes curriculares propostos na matriz. Os componentes curriculares serão implementados tendo como concepção metodológica o alinhamento da teoria com a prática, representada pelas atividades de viagens técnicas e de visitas a campo que serão implementadas no decorrer do curso. As atividades de extensão serão propostas tendo em vista as temáticas consideradas fundamentais para a formação do tecnólogo em Gestão de Turismo.

A Avaliação da Aprendizagem nos cursos do Instituto Federal Farroupilha segue o disposto no Regulamento da Avaliação do Rendimento Escolar, aprovado pela Resolução CONSUP n° 04-2010, de 22 de fevereiro de 2010. De acordo com o regulamento e com base na Lei 9394/96, a avaliação deverá ser contínua e cumulativa, assumindo, de forma integrada, no processo de ensino-aprendizagem, as funções diagnóstica, formativa e somativa, com preponderância dos aspectos qualitativos sobre os quantitativos. A verificação do rendimento escolar é feita de forma diversificada e sob um olhar reflexivo dos envolvidos no processo, podendo acontecer através de provas escritas e/ou orais, trabalhos de pesquisa, seminários, exercícios, aulas práticas, auto-avaliações e outros, a fim de atender às peculiaridades do conhecimento envolvido nos componentes curriculares e às condições individuais e singulares do (a) aluno (a), oportunizando a expressão de concepções e representações construídas ao longo de suas experiências escolares e de vida. Em cada componente curricular, o professor deve oportunizar no mínimo dois instrumentos avaliativos. A recuperação da aprendizagem deverá ser realizada de forma contínua no decorrer do período letivo, visando que o (a) aluno (a) atinja as competências e habilidades previstas no currículo, conforme normatiza a Lei nº 9394/96. Os resultados da avaliação do aproveitamento são expressos em notas. As notas deverão ser expressas com uma casa após a vírgula sem arredondamento. A nota mínima para aprovação é 7,0. Caso o estudante não atinja média 7,0, terá direito ao exame final. A nota para aprovação após exame é 5,0, considerando o peso 6,0 para a nota obtida antes do exame e peso 4,0 para a nota da prova do exame.

Baixar Arquivo
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - (55) 3218 9800 | Copyright © 2006-2021 - UFRN - jboss-sig-02.iffarroupilha.edu.br.inst2