Apresentação

INTRODUÇÃO

A presença do Agronegócio é marcante na Região Celeiro. Dados do Plano de Desenvolvimento do Corede Celeiro revelam que em 2013 o Produto Interno Bruto (PIB) total da região foi de aproximadamente R$ 3.140.085,99, o que representava 9,48% do total do Estado. O Valor Adicionado Bruto do PIB setorial, que nos remete para a agropecuária, neste mesmo ano, foi de R$ 1.036.156,69; a Indústria R$ 248.261,69 e o setor de serviços R$ 1.655.932,69. Considerando que tanto a indústria como os serviços são ligados às atividades agropecuárias, fica evidente a força do setor. Não se pode considerar apenas a produção vegetal e animal, mas sim todo o complexo que une as atividades antes e depois da porteira.

As mudanças ocorridas no final do século XX nos negócios mundiais impactaram o setor agrícola e pecuário. A organização das atividades assumiu uma nova dinâmica. O conceito de agronegócio emerge e se consolida no meio acadêmico e na sociedade, buscando explicar essa nova realidade.  As profissões das ciências agrárias, de alimentos e de gestão que trabalham nessa área têm encontrado novos desafios, muitas vezes não sanados pela formação profissional da graduação. A necessidade de integrar coeficientes técnicos e econômicos, de observar o setor de forma integrada e sistêmica colide com a formação mais específica de cada profissional. Nesse sentido, evidencia-se uma carência de um perfil profissional que possa responder às necessidades de gestão no setor.

Dada essa necessidade profissional e a importância do agronegócio para a economia regional, o IFFarroupilha- Campus Santo Augusto  dedica-se a formação de Tecnólogos em Agronegócio desde o ano de 2008, tendo formado 07 turmas e 104 acadêmicos durante esta trajetória. Após dez anos de experiência com a graduação, o Campus vê na oferta do curso de especialização em Gestão em Agronegócio a possibilidade de melhoria na qualificação dos profissionais que atuam ou pretendem atuar no setor, e por meio dela o aumento da produtividade do trabalho e a promoção do desenvolvimento regional.

 

OBJETIVOS

 

Objetivo Geral

Qualificar profissionais envolvidos com o agronegócio buscando a melhoria na gestão das cadeias produtivas em nível regional.

 

Objetivos específicos

  • Melhorar a formação de profissionais envolvidos com as cadeias produtivas do agronegócio regional a partir de uma abordagem sistêmica do setor.
  •  Ampliar a capacidade analítica, teórica, metodológica e atuação dos profissionais, muitas vezes com formação específica na área de ciências agrárias, na relação com a complexidade e diversidade do setor do agronegócio.
  • Oferecer aos estudantes um espaço e tempo para a reflexão sobre a sua prática profissional
  • Proporcionar instrumentos metodológicos para pesquisa e produção de conhecimentos no setor.

                     

RELAÇÃO DAS DISCIPLINAS

O curso desenvolverá suas atividades teóricas e práticas em 3 (três) semestres com carga horária 375 (trezentos e setenta e cinco) horas composto por disciplinas e ementas. Essas disciplinas dividem-se em: a) aquelas que fornecerão elementos necessários aos estudos em nível de pós-graduação em seus aspectos metodológicos e operacionais e; b) aquelas que abordam o agronegócio em suas especificidades como a gestão, a produção agrícola e a pecuária. O currículo e o itinerário das disciplinas foram pensados no sentido de buscar a harmonização e a complementaridade entre essas divisões, permitindo ao estudante explorar as peculiaridades do setor, mas em uma concepção integrada e sistêmica do setor.

O primeiro semestre tem por objetivo oferecer uma base de estudos introdutórios. Nele são desenvolvidas as disciplinas de Gestão Estratégica do Agronegócio, Produção Textual, Metodologia da Pesquisa, Mercados Agrícolas, Gestão Aplicada a Unidades Armazenadoras, Bem Estar Animal, Gestão e Análise de Projetos e Custos de Produção.

O segundo semestre está organizado nas disciplinas de Tributação no agronegócio, Sistemas de produção de suínos e aves, Sistemas de Produção de Bovinos e Ovinos de Corte,
Sistemas de Produção de Bovinos Leiteiros, Inovações Biotecnológicas, Gestão de Mecanização e Agricultura de Precisão, Gestão estratégica para Altas Produtividades e Risco Climático, Tópicos Especiais em Comportamento Organizacional, Clima Organizacional e Qualidade de Vida no Trabalho e Seminários.

O terceiro semestre encaminha a conclusão do curso. Nele o estudante terá que executar a pesquisa que definiu em seu projeto durante o curso. Cada estudante terá a orientação de um professor do curso para essa tarefa. 

 

 Quadro 01: Matriz Curricular do Curso:

 

NOME DA DISCIPLINA

CARGA HORÁRIA

               1º Semestre

 

Gestão Estratégica do Agronegócio

30 horas

Produção Textual

30 horas

Metodologia da Pesquisa

30 horas

Mercados Agrícolas

30 horas

Gestão Aplicada a Unidades Armazenadoras

20 horas

Sistemas de Produção de Bovinos Leiteiros

15 horas

Custos de Produção

30 horas

Gestão e análise de projetos

15 horas

Subtotal:

200 horas

     2º Semestre

 

Tributação no agronegócio

15 horas

Sistemas de produção de suínos e aves

15 horas

Sistemas de Produção de Bovinos e Ovinos de Corte

15 horas

Bem estar animal

15 horas

Inovações Biotecnológicas

15 horas

Gestão de Mecanização e Agricultura de Precisão

30 horas

Gestão para Altas Produtividades e Risco Climático

10 horas

Tópicos Especiais em Comportamento Organizacional, Clima Organizacional e Qualidade de Vida no Trabalho

30 horas

Seminários

30 horas

Subtotal:

175 horas

3º Semestre

 

Trabalho de Conclusão de Curso

--

Subtotal:

-- horas

Total geral do Curso

375 horas

 

 

Coordenação do Programa: LESSANDRO DE CONTI

Telefone/Ramal: 3781-3555

E-mail: lessandro.deconti@iffarroupilha.edu.br

Período do Curso: 29/07/2019 à 20/07/2024 Convênio Acadêmico : Nenhum conteúdo disponível até o momento Modalidade de Curso: Presencial
SIGAA | Diretoria de Tecnologia da Informação - (55) 3218 9800 | Copyright © 2006-2022 - UFRN - jboss-sig-02.iffarroupilha.edu.br.inst2